Brazilian Journal of Pain
https://brjp.org.br/article/doi/10.5935/2595-0118.20200023
Brazilian Journal of Pain
Original Article

Effects of using Stiper® for cervical pain treatment in dentistry students: pilot trial

Efeitos do Stiper® no tratamento de cervicalgia em acadêmicos de odontologia: ensaio piloto

Mara Cristina Ferreira Moreira Brum; Livia Crespo Drago; Aline Daiane Schlindwein; Graciela Mendonça da Silva de Medeiros

Downloads: 0
Views: 194

Abstract

BACKGROUND AND OBJECTIVES: Pain in the cervical region is a major cause of absenteeism, and one of the professions most susceptible to this risk is dental surgeons. The pain usually begins during the period of academic training, and ergonomic and postural factors add up to the emotional ones. The Stiper® silicon oxide tablets are painless, non-invasive and quickly applied, offering prolonged stimulation. This study aimed to verify the possible effects of using Stiper® in cases of nonspecific neck pain in students in their dental clinical practices training in a Dentistry course in Southern Brazil.

METHODS: A pilot clinical trial of a quantitative nature, in a before-and-after setting, almost experimental. The sample consisted of nine dentistry students to whom Stiper® was applied at the acupuncture points Jianjing, Tianliao, Jianyu, and Dazhui, for three consecutive weeks, with a 7-day interval between sessions. The data was collected through a sociodemographic questionnaire, the visual analog scale of pain, before and after the interventions, and the completion of a form. The statistical analysis used the Shapiro Wilk normality test and the Student’s t-test.

RESULTS: The Stiper® application provided a significant pain reduction (p<0.05) in the cervical region.

CONCLUSION: The use of Stiper® was effective in reducing the neck pain reported by dentistry students.

Keywords

Dentistry students, Neck pain, Occupational health, Occupational risks

Resumo

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dor na região cervical é uma das maiores causas de afastamento laboral e uma das profissões mais suscetível ao risco é a dos cirurgiões-dentistas. As dores geralmente começam durante o período de formação acadêmica e aos fatores ergonômicos e posturais associam-se também os emocionais. As pastilhas de óxido de silício Stiper® apresentam-se como terapêutica indolor, não invasiva e de rápida aplicação oferecendo estímulo prolongado. O objetivo deste estudo foi verificar os possíveis efeitos do uso do Stiper® em casos de cervicalgia inespecífica em acadêmicos em fases de práticas clínicas de um curso de Odontologia no Sul do Brasil.

MÉTODOS: Ensaio clínico piloto de natureza quantitativa, do tipo antes e depois, quase experimental. A amostra foi constituída por nove acadêmicos do curso de Odontologia, os quais receberam a aplicação de Stiper® nos pontos de acupuntura Jianjing, Tianliao, Jianyu e Dazhui, durante três semanas consecutivas, com intervalo de sete dias entre as sessões. A coleta de dados foi realizada com a aplicação de questionário sociodemográfico, escala analógica visual de dor antes e depois das intervenções e preenchimento de formulário. Análise estatística pelo teste de normalidade de Shapiro Wilk e teste t de Student.

RESULTADOS: A aplicação do Stiper® propiciou redução significativa (p<0,05) da dor na região cervical.

CONCLUSÃO: O uso do Stiper® foi eficaz na redução da cervicalgia referida pelos acadêmicos de Odontologia.

Palavras-chave

Cervicalgia, Estudantes de Odontologia, Riscos ocupacionais, Saúde do trabalhador

References

Auxílios-doença acidentários e previdenciários concedidos segundo os códigos da Classificação Internacional de Doenças - CID-10. 2018.

Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. .

Mazzucco A, Souza LA, Longen WC, Tuon T. Posturas adotadas durante os procedimentos odontológicos e os seus impactos biomecânicos. Rev Inova Saúde. 2017;6(1):226-43.

Silva AF, Costa MAL, Soutinho RSR, Pedrosa AS. Prevalência de cervicalgia em acadêmicos de odontologia de um centro universitário. Revist Port Saúde e Sociedade. 2017;2(2):422-34.

Oliveira LQ, Ferreira MBCF. Ergonomia na prática odontológica. J Oral Invest. 2017;6(1):15-28.

Pinto PS, Nunes FMR, Campos DS, Freitas RHB, Bonan PRF, Batista AUD. Síndrome de Burnout em estudantes de odontologia, medicina e enfermagem uma revisão da literatura. REFACS. 2018;6(2):238-48.

Portaria Nº 971, de 03 de maio de 2006. .

Santos LF, Morete M, Cordon F, Malezan WR. Acupuntura no tratamento das cervicalgias estudo de revisão integrativa. Cad Naturol Terap Complem. 2015;4(7):49-57.

Burigo FL, Silvério-Lopes S. Lombalgia crônica mecânica estudo comparativo entre acupuntura sistêmica e pastilhas de óxido de silício (stimulation and permanency - stiper). Rev Bras Terap Saúde. 2010;1(1):27-36.

Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. 2013.

Sanchez HM, Sanchez EGM, Filgueira NP, Barbosa MA, Porto CC. Dor musculoesquelética em acadêmicos de odontologia. Rev Bras Med Trab. 2015;13(1):23-30.

Oliveira LQ, Ferreira MBCF. Desordens musculares entre um grupo de estudantes de odontologia. Ed IMED. 2016:123-50.

Santos RR, Garbin CAS, Saliba TA, Gatto RCJ, Garbin AJI. Incapacidade gerada pela dor osteomuscular em aluno de odontologia. Arch Health Invest. 2018;7(9):369-74.

Garbin AJ, Garbin CA, Arcieri RM, Rovida TA, Freire AC. Dores osteomusculares e aspectos ergonômicos na prática odontológica. Rev Dor. 2015;16(2):90-5.

Saliba TA, Machado ACB, Garbin AJI, Peruchini LFD, Garbin CAS. Análise ergonômica do atendimento clínico odontológico. Rev Abeno. 2016;16(3):96-105.

Morais BX, Dalmolin GL, Andolhe R, Dullius AIS, Rocha LP. Musculoskeletal pain in undergraduate health students prevalence and associated factors. Rev Esc Enferm USP. 2019;53.

Guterres JL, Schmitt FS, Oliveira LC, Simon CDS, Lopes AR. Principais queixas relacionadas ao uso excessivo de dispositivos móveis. Rev Pleiade. 2017;11(21):39-45.

Rovida TAS, Sumida DH, Santos AS, Moimaz SAS, Garbin CAS. Estresse e o estilo de vida dos acadêmicos ingressantes em um curso de graduação em Odontologia. Rev Abeno. 2015;15(3):26-34.

Magri LV, Melchior MO, Jarina L, Simonaggio FF, Bataglion C. Relação entre sinais e sintomas de disfunção temporomandibular e de síndrome de Burnout em estudantes de odontologia. Rev Dor. 2016;17(3):171-7.

Sabbag SHF, Nogueira BMR, De Callis ALL, Leite-Mor ACMB, Portella CFS, Antonio RL. A naturologia no Brasil avanços e desafios. Cad Naturol Terap Complem. 2013;2(2):11-31.

Toledo KC, Veríssimo TCA. Neurofisiologia da dor e sua relação com analgesia por acupuntura. RESC. 2015;5(2):48-59.

Lim TK, Ma Y, Berger F, Litscher G. Acupuncture and neural mechanism in the management of low back pain-an update. Medicines. 2018;5(3).

Kredens LR, Silvério-Lopes S, Carneiro-Suliano L. Tratamento de cervicalgia tensional com auriculoterapia utilizando pastilhas de óxido de silício. Rev Bras Terap e Saúde. 2016;6(2):1-6.

Avelino CP, Medeiros GMS. A aplicação do Stiper em pontos da reflexologia podal em casos de dor lombar. Cad Naturol Terap Complem. 2013;2(3):13-20.


Submitted date:
11/13/2019

Accepted date:
03/25/2020

5f2878e80e882595180e4938 brjp Articles

BrJP

Share this page
Page Sections