Brazilian Journal of Pain
https://brjp.org.br/article/doi/10.5935/2595-0118.20220016
Brazilian Journal of Pain
Editorial

BrJP Editor: another great mission in the pain scenario

Editora do BrJP: mais uma grande missão no cenário da dor

Josimari Melo DeSantana

Downloads: 0
Views: 33


What an honor and pleasure to accept the position of Editor-in-chief of the Brazilian Journal of Pain (BrJP), 2022-2023 administration, a journal for which I have the greatest respect, especially for its scientific relevance in the field of pain in Brazil and Latin America. The responsibility that the members of the Brazilian Society for the Study of Pain (SBED) have bestowed and entrusted to me is, in fact, great. 
Dedicating time, energy, and mind, my objective is to deliver the best of my experience accumulated thus far and be able to give back to our scientific community. You can count on my willingness, availability, knowledge, ability to manage processes and people, and positive expectations. There are indeed many challenges. Some of them are already known, others not. To face and overcome them, I am sure I can count on everyone’s partnership, engagement, and collaboration. BrJP is my new great challenge in the pain scenario.
At the present moment, I find the journal indexed in the LILACS and Scielo databases. In early 2018, BrJP, previously called Revista Dor: Pesquisa Clínica e Terapêutica (Pain Journal: Clinical and Therapeutic Research), had its name changed in order to promote greater visibility in the international scenario, since scientific journals with titles in English, a language considered universal in the scientific context, are more easily accessed by the whole community. We will continue working with the Ahead of Print (AOP) publications and adjusting the Editorial Board according to the SBED Statute, honoring the actions demanded by the previous administration.
The priority of our editorial proposal is threefold: 1. to optimize the quality of all material produced and published in BrJP, from format to scientific writing techniques, from ethics to methodological rigor; 2. to meet the requirements of national and international indexing so that we can index it in further platforms such as LATINDEX and Pubmed; 3. to increase exposure and credibility to gain new spaces towards the internationalization of the journal.
Maintaining the focus with our Editorial Board and expert reviewers, as well as preserving BrJP editorial policy and scientific quality, we will value: 1. objectivity, agility, coherence, and transparency in the editorial process, anchored in the external blinded peer review process; 2. credibility for the authors and consumers of our product/service; 3. quality of format and content; 4. systematic analysis of methodological rigor derived from international guidelines specific for each type of study; 5. compliance of and adherence to national and international ethical guidelines; 6. disclosure of financial conflicts of interest, correction of errata, explicit disclaimers, and the opportunity for divergent comments and opinions to be expressed.
I am certain of having the support of the authors, reviewers, Editorial Board, and Board of Directors of SBED. It is imperative that authors submit well-written articles, respecting human and animal research ethics, following international gold standard guidelines for scientific writing, and undeniably striving for the highest methodological rigor possible. 
In essence, reviewers must be very careful in reviewing the articles assigned to them, issuing opinions on format and content with consistency and detail so that they can effectively assist authors with the necessary agility in the corrections process. The associate editors have a decisive role in the editorial process, assigning pertinent reviewers, managing deadlines between steps, and creating information compendiums based on the reviewers’ assessments to substantially assist the Editor-in-chief in the decision making for each scientific article. From the SBED Board of Directors, we highly regard the logistical and administrative support necessary to maintain the quality of the journal.
I would like to conclude by reinforcing my mission to work hard and responsibly so that BrJP can gradually achieve more recognition and a higher scientific level. 

Resumo

Quanta honra e regozijo assumir o cargo de Editora-chefe do Brazilian Journal of Pain (BrJP), gestão 2022-2023, periódico pelo qual nutro o maior respeito, especialmente pela sua representatividade científica na área da dor no Brasil e na América Latina. É, de fato, enorme a responsabilidade que os associados da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) me outorgaram e confiaram. 
Expresso que estou dedicando tempo, energia e mente no intuito de entregar o máximo melhor de minha experiência acumulada até aqui e poder retribuir para a nossa comunidade científica. Contem com minha disposição, disponibilidade, conhecimento, capacidade de gestão de processos e pessoas e expectativa positiva. Há, sim, muitos desafios. Alguns já conhecidos, outros não. Para enfrentá-los e vencê-los, estou certa de contar com a parceria, o engajamento e a colaboração de todos. O BrJP é o meu novo grande desafio no cenário da dor.
No presente momento, encontro a revista indexada nas bases LILACS e Scielo. No início de 2018, o BrJP, anteriormente chamado Revista Dor: Pesquisa Clínica e Terapêutica, teve seu nome modificado no intuito de promover maior visibilidade no cenário internacional, visto que periódicos científicos com título em inglês, idioma considerado universal no contexto científico, são mais facilmente acessados por toda a comunidade científica. Continuaremos trabalhando com a publicação em Ahead of Print (AOP) e adequando o Corpo Editorial conforme previsto no Estatuto da SBED, honrando as ações demandadas na gestão que nos antecedeu.
A prioridade da nossa proposta editorial se dá em três frentes: 1. otimizar a qualidade de todo o material produzido e publicado no BrJP, do formato à técnica de escrita científica, da ética ao rigor metodológico; 2 atender às exigências de indexação nacionais e internacionais para que possamos indexá-lo em outras plataformas como LATINDEX e Pubmed; 3. aumentar visibilidade e credibilidade para galgar novos espaços rumo à internacionalização do periódico.
Manteremo-nos focados junto ao nosso Corpo Editorial e revisores especialistas para manter a política editorial e a qualidade científica do BrJP, valorizando: 1. objetividade, agilidade, coerência e transparência no processo editorial, ancorado no processo de revisão por pares externos mascarada; 2. credibilidade junto aos autores e consumidores do nosso produto/serviço; 3. qualidade do formato e do conteúdo; 4. análise sistemática do rigor metodológico por meio de guidelines internacionais específicas para cada tipo de estudo; 5. contemplação e aderência a diretrizes éticas nacionais e internacionais; 6. divulgação de conflitos de interesse financeiros, correção de erratas, retratações explícitas e oportunidade para que sejam apresentados comentários e opiniões divergentes.
Estou certa de contar com o apoio dos autores, dos revisores, do Corpo Editorial e da Diretoria da SBED. É imprescindível que autores submetam artigos bem escritos, respeitando a ética de pesquisas em seres humanos e animais, seguindo guidelines padrão-ouro internacionais para elaboração de artigos científicos e prezando, indiscutivelmente, pelo maior rigor metodológico possível. 
Essencialmente, os revisores devem ser bastante criteriosos na revisão dos artigos que lhes são atribuídos, emitindo pareceres sobre forma e conteúdo com coerência e detalhamento para que possam efetivamente auxiliar os autores no processo de correções e com a agilidade necessária. Os editores associados têm papel decisivo no processo editorial, designando revisores com pertinência, administrando prazos entre as etapas e realizando compêndios de informações baseadas nos pareceres dos revisores para substancialmente auxiliar a Editora-chefe na tomada de decisão para cada artigo científico. Da Diretoria da SBED, estimamos o apoio logístico e administrativo necessário para manutenção da qualidade da revista.
Finalizo ratificando minha missão de trabalhar com afinco e responsabilidade para gradativamente conduzirmos o BrJP a alcançar mais reconhecimento e maior nível científico. 

References

1.    Posso IP. Editor again! Other challenges! BrJP. 2020;3(1):1.
2.    Posso IP. Once again, the job is done! BrJP. 2021;4(4):299.

6285a70ea953956f790780b4 brjp Articles

BrJP

Share this page
Page Sections